O preço e a valorização dos imóveis em Joinville

Uma reportagem publicada na última edição da revista Exame chamou a atenção para o mercado imobiliário no Brasil. Os dados apresentados mostram um nicho de mercado que algumas construtoras visualizaram e que as pesquisas do IBGE já apontavam no passado. Cada vez mais o brasileiro está querendo morar sozinho. Repare. Na sua família, quantas pessoas moram na mesma casa? Geralmente os filhos crescem e vão estudar fora, ou casam e querem um lar a dois. Isso faz com que as unidades habitacionais aumentem.


Nos últimos anos, programas habitacionais e construtoras divulgaram um verdadeiro show de lançamentos para todos os preços e gostos. Muitos até apostavam que haveria uma bolha imobiliária semelhante a que ocorreu no EUA. Isso, no entanto não aconteceu e segundo analistas, está muito longe de acontecer. A reportagem que revela uma pesquisa inédita feita pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) mostra os preços dos imóveis em 63 cidades do país. Na maioria dos municípios os preços continuaram subindo e valorizando. Mas então como que o brasileiro continua comprando, já que o salário não aumentou tanto assim? O que deu permissão para a continuidade da compra foi à queda dos juros e o aumento no prazo de financiamentos. Hoje pode-se financiar um imóvel em até 35 anos, o que reduz o preço das parcelas. Isso é uma boa notícia para quem ainda está sonhando em obter a casa própria. Infelizmente Joinville não está incluída no mapeamento da reportagem da revista Exame, mas de acordo com o proprietário da imobiliária Galeria Imóveis, Joinville segue a média nacional. “Aqui a quantidade de ofertas continua grande, porém o crédito facilitado e a constante geração de renda da cidade impulsionam as vendas. Pelo que a gente percebe hoje o cenário está mais propício para a compra”.
Na maior cidade do Estado catarinense as pessoas estão comprando imóveis tanto para morar, quanto pra investir. Há um equilíbrio nesses dois motivos de busca. “As facilidades de crédito imobiliário impulsionam as pessoas a saírem do aluguel ou mesmo saírem da casa dos pais mais cedo, esse fator combinado com a elevação da renda familiar resulta em um bom cenário para o mercado imobiliário hoje em Joinville. Outro fator é que o retorno em aluguel comparado a outras aplicações financeiras está cada vez mais vantajoso. Acho que a maior parcela de compradores ainda é para morar, mas tem aumentado significativamente os que estão comprando para investir” acrescenta o proprietário.
O preço médio dos imóveis em Joinville tanto para compra, quanto para a locação é influenciado por fatores como idade do imóvel, conservação e localização. “Pessoalmente não costumo avaliar somente por valor de m². Em uma mesma rua poderemos ter apartamentos por R$ 2.500,00/ m² e outro por R$ 2.000,00/m² ou menos. Na média, os apartamentos lançamentos estão sendo ofertados em torno de R$ 2.800,00/ m² da área total construída.Os usados ficam abaixo deste valor e ainda tem a vantagem de ocupação imediata, pois estão prontos para morar”, finaliza Piccolo.

Sobre admin

A Galeria Imóveis atua em Joinville e região com venda, locação e administração de imóveis. (47) 3028-6788 Acesse também outros canais da Galeria Imóveis: You tube: www.youtube.com/galeriaimoveis Twitter: twitter.com/Galeria_Imoveis Facebook: www.facebook.com/galeriaimoveis
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a O preço e a valorização dos imóveis em Joinville

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>